quinta-feira, 22 de abril de 2010

Mais Sobre Skate.

Estive fuçndo a net procurando coisas de skate pra falar pra vcs galera. E ashei isso ake pronto jah e decidi postar pra vcs ake. Assunto maneiro pra kein gosta de skate. :D

Histórico de conquistas
  • Ouro - X Games de 1999 em São Francisco (Vert Best Trick)
  • Ouro – X Games de 2001 na Philadelphia (Vert)
  • Ouro – X Games de 2003 em Los Angeles (Vert Doubles)
  • Ouro – X Games de 2005 em Los Angeles (Vert Best Trick)
  • Ouro – X Games de 2007 em Los Angeles (Skateboard Big Air)
  • 3º Lugar do Maloof Money Cup de 2009
  • 1º Lugar no The Coolio Games de 2006
  • 1º Lugar no Slam City Jam de 2001
  • 1º Lugar no Slam City Jam de 2000
  • 1º Lugar no Slam City Jam de 1995
  • Bicampeão da Oi Megarampa (9), que aconteceu no no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo de 2009.

Essas são só algumas das conquistas do maior skatista brasileiro, Bob Burnquist. Andando de skate desde os 11 anos de idade, se tornou profissional aos 14, aprendendo a lidar com a enorme pressão que se sente em campeonatos. É visto por aqui e pelo mundo afora como embaixador do skate brasileiro.

Bob faz parte da tribo dos skatistas, praticantes de um esporte radical e muito criativo. Tecnicamente, andar de skate implica em deslizar sobre o solo e obstáculos equilibrando-se numa prancha, chamada shape, dotada de quatro pequenas rodas e dois eixos chamados de truck.

Os skates surgiram na década de 60, quando os surfistas queriam transformar a diversão das ondas para a rua em épocas de marés baixas e secas. Somente nos anos 70 é que o esporte ficou conhecido, principalmente por uma equipe chamada Z-Boys, realizando manobras de surf sobre o skate.

Ao longo dos anos foram surgindo alguns personalidades que mudaram o rumo do esporte, entre eles Tony Hawk, revolucionário considerado o maior skatista de todos os tempos. Hawk inclusive tem um célebre jogo para Playstation lançado em seu nome chamado Tony Hawk’s Pro Skater.

As mulheres entraram junto aos homens nesse esporte, e hoje são comparadas em habilidade igualmente entre eles.

As garotas marcam presença na pista e nao deixam a sensualidade de lado.

Hoje já são várias modalidades existentes, por exemplo:

Street Style – consiste em praticar o esporte na arquitetura da cidade, como bancos, escadas e corrimãos. É considerado um dos modos mais perigosos.

Half-Pipe – modalidade vertical praticada em uma pista com curvas com 3,40 m ou mais de altura.

Freestyle – aqui o skatista apresenta várias manobras em sequência, geralmente no chão. É uma das primeiras modalidades do skate.

E com tanta variação de modalidades, não podia faltar inúmeras manobras.

Para se caracterizar uma tribo urbana, se vestem sempre de bermuda ou calça jeans, e camiseta largada, um boné e tênis bem largo, com a língua solta. As gírias também são características essenciais para eles.

Para quem quer conhecer mais da história e de seus protagonistas assista The Lord Of Dogtown ou Z-Boys. Há um livro no Brasil que conta a história do skate por aqui chamado ‘A Onda Dura’.

Nenhum comentário:

Postar um comentário